Frei Luis Amigó


Uma semente que cresce e dá frutos: José Maria Amigó e Ferrer, o apóstolo da juventude, nasceu em Masamagrell (Valência – Espanha) no dia l7 de outubro de 1854. “O fundo do seu ser a Paz; suas vestes, a humildade; sua vida, o correr manso de um rio sem declives nem transbordamentos”

Santa Clara


Nascida como Chiara d'Offreducci em Assis (Itália), no dia 16 de julho de 1194, e falecida no mesmo local em 11 de Agosto de 1253, foi a fundadora do ramo feminino da ordem franciscana.

São Francisco


Giovanni di Pietro di Bernardone, mais conhecido como São Francisco de Assis (Assis, 5 de julho de 1182 1 — 3 de outubro de 1226), foi um frade católico da Itália.

Sagrada Família


Colocar os nomes de Jesus, Maria, José, à primeira criança que batizei, e sendo esta uma criança abandonada, me fez entender como um anúncio da fundação, que mais tarde tornou-se a congregação de Sagrada Família...(OCLA 51).

Frei Luis Amigó – O Fundador

José Maria Amigó e Ferrer, o apóstolo da juventude, nasceu em Masamagrell (Valência – Espanha) no dia l7 de outubro de 1854. Era o ano da Declaração do Dogma da Imaculada Conceição e as terras de Valência sofriam o açoite da epidemia da cólera, que tinha como vítima preferida as mulheres grávidas.

Quanto mais unido a Deus tanto mais perto se sentia, o jovem José Maria, às necessidades dos demais. Acompanhado de outros adolescentes, seus amigos, dedicava tempos aos marginalizados da sociedade. Ia aos hospitais para compartir com os  enfermos sua saúde e alegria. Visitava as casas vizinhas para participar com as crianças e adolescentes seu saber e sua fé. Visitava as cadeias para consolar e instruir os presos. Era o início de que logo seria o grande apóstolo da juventude extraviada!

Seduzido pelo amor a Deus José Maria queria dedicar-se a Ele co todo seu coração e com todas as suas forças. Como fiel seguidor de São Francisco de Assis na Ordem dos Frades Capuchinhos, Luis Amigó y Ferrer foi fundador de duas Congregações: Irmãs Terciárias Capuchinhas da Sagrada Família e os Religiosos Terciários Capuchinhos de Nossa Senhora das Dores.

Ele restaurou a Ordem Capuchinha na Espanha, sendo símbolo e mensagem viva de uma vida profundamente alicerçada em Deus, clarividente dos sinais dos tempos, intui o clamor dos irmãos mais pobres e necessitados.

Como Bispo assume o Lema: “Dou minha vida pelas minhas ovelhas”. Quando foi declarado venerável dele se disse: é o profeta da misericórdia – estamos diante de um gigante da vida espiritual, modelo e protótipo dos (as) religiosos (as), sacerdotes, Bispos e fundadores. Seu espírito segue na Família Amigoniana, chamada por vocação divina á redenção dos irmãos mais pobres e necessitados.

Sua morte foi em 1º de outubro de 1934, aos 80 anos em Godella, Valência, e seu corpo está em sua cidade natal, onde repousa até hoje na Igreja de seus filhas, as Irmãs Terciárias Capuchinhas da Sagrada Família.

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>